Brasil
Artículo

Desempenho e parâmetros intestinais de frangos Label Rouge recebendo silagem de grãos úmidos de milho

RESUMO Foram utilizados 1200 pintos da linhagem Label Rouge, com peso médio inicial de 41,0 ± 0,55 g, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, (com e sem acidificante X 0, 25, 50, 75 e 100% de silagem de grãos úmidos de milho - SGUM). Foram determinados o...

Descripción completa

Autor Principal: Frank,Rafael
Otros Autores: Nunes,Ricardo Vianna, Schone,Rodrigo André, Parra,Angela Poveda, Castilha,Leandro Dalcin
Formato: Artículo
Lenguaje: por
Publicado: Universidade Federal do Ceará 2016
Materias:
Acceso en línea: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902016000400761
Sumario:
RESUMO Foram utilizados 1200 pintos da linhagem Label Rouge, com peso médio inicial de 41,0 ± 0,55 g, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2 x 5, (com e sem acidificante X 0, 25, 50, 75 e 100% de silagem de grãos úmidos de milho - SGUM). Foram determinados o ganho de peso (GP), consumo de ração (CR), conversão alimentar (CA), além da análise morfométrica e de microbiota intestinal, rendimento de carcaça e de cortes. De 1 a 63 dias, houve efeito quadrático (P<0,05) da SGUM sobre o CR e CA. Houve interação (P<0,05) entre os níveis de SGUM e a adição de acidificante para o rendimento de carcaça, e de cortes (asa e peito) e fígado das fêmeas. Os machos apresentaram interação (P<0,05) entre os níveis de SGUM e o acidificante para carcaça, sobrecoxa, peito e gordura. Houve interação (P<0,05) da inclusão de SGUM e a adição ou não de acidificante para a contagem de Lactobacillus aos 63 dias. Houve efeito quadrático da SGUM para o tratamento com acidificante, e as criptas apresentaram maior diâmetro para o tratamento sem acidificante. Os resultados sugerem que frangos caipiras alimentados com até 50% de SGUM com acidificante apresentam boas características de carcaça e de cortes e não sofrem danos sobre os parâmetros intestinais.